14 de maio de 2012

A propósito das indústrias criativas e de não me apetecer escrever um post sobre bola



I

Muito se tem falado acerca do desenvolvimento das indústrias criativas em Macau.
Sobretudo como meio de diversificação do tecido económico local.
Sabendo-se que, por definição, as indústrias criativas fazem coincidir a arte e o negócio, quem explora as mesmas tem que ter alguma sensibilidade nos dois polos.
Em visita à feira no Tap Seac, e a uma loja na Taipa, fiquei com a forte sensação que a vertente negocial está ainda em grande medida ausente nos criativos de Macau.
Os preços que são pedidos pelos produtos expostos, apenas porque são handmade in Macau, são, em muitos casos, exorbitantes.
Não consigo deixar passar em claro o que vi e não posso deixar de referir o comentário (desabafo?) que tive para com a minha mulher e as minhas filhas - "francamente, a maior criatividade, a que mais me chamou a atenção, foi a dos preços pedidos pelos produtos expostos".
Eu sei que criatividade e realismo são conceitos que não casam muito bem.
Mas talvez seja melhor apurar a vertente do realismo.
Porque, a julgar pelo que vi ontem, não há indústria que resista a tanta "criatividade"!








II

Se me apetecesse escrever um  post sobre bola, escreveria que, em Portugal, o Feirense desceu (faz companhia ao União de Leiria), o Moreirense subiu (faz companhia ao Estoril), o alargamento está suspenso, o Cardozo é o melhor marcador, o Porto é campeão com o melhor ataque (69 golos marcados) e a melhor defesa (19 golos sofridos) e a Académica vai à Liga Europa (o clube tem estrutura para isso?).
Mais, que o Paulo Bento divulga hoje os convocados para o Europeu que está aí a chegar.
Podia também escrever que o Real Madrid conseguiu 100 (!!!) pontos e 121 (!!!) golos na Liga espanhola (o submarino amarelo foi ao fundo!!).
Que o Borússia Dortmund conseguiu juntar a Taça ao campeonato alemão (goleou o Bayern por 5-2 na final).
Que o Manchester City é campeão em Inglaterra, 44 anos depois do último título, com um golo de Aguero mesmo no fim do jogo (já justificou os 45 milhões gastos!!).
Que, na Turquia, os festejos (???) do título (Galatasaray campeão) provocaram destruição, um morto e trinta e seis feridos.



E até podia escrever que a final da Liga dos Campeões vai ser apitada por Pedro Proença, o tal do fora-de-jogo na Luz (deve ter sido "cunha" do Pinto da Costa; ele e o Platini são tão amigos!!) e que será coadjuvado por Bertino Miranda (Porto) e Ricardo Santos (Lisboa), enquanto árbitros assistentes, e por Duarte Gomes (Lisboa) e Jorge Sousa (Porto), que serão os assistentes de baliza.
Mas, como não me apetece escrever um post sobre bola, não escrevo nada disto que acabei de escrever!

11 comentários:

  1. Bom dia, Pedro!

    Hoje também não me apetecia comentar nada sobre futebol, como tal, opto por não dizer que acho hilariante a nomeação de Pedro Proença para a final da CL - sinal de que aquele malta da UEFA liga tanto aos jogos nacionais, como eu ligo à Liga Americana de Basebol - e não menos cómico foi o ataque de fúria e o mau perder de Sir Alex Ferguson ao afirmar que "o City precisará de um século para ter a história do United" após ter perdido o campeonato no minuto e meio que restava dele, esquecendo-se, porventura, que apanhou 6 em casa e outro fora dela do City. Também, nada irei dizer acerca da Liga dos Pequeninos e os Estádios repletos de moscas, formigas e outros insectos que ao domingo à tarde se deslocam, religiosamente, para assistir a um Paços de Ferreira-Rio Ave ou a um Feirense-Setúbal, o que justifica, sobremaneira, o alargamento da 1ª Liga para, pelo menos, 30 clubes, então e o Aves, o União da Madeira, o Santa Clara não tem direito a ostentar os seus Estádios vazios, perdão, repletos de insectos na 1ª Liga?
    Também, se quisesse falar de futebol diria que Cardozo, nas férias, terá de fazer treino especifico para ver se não acerta tanto nas barras e nos postes, bem como comprar umas botas novas que lhe permitam manter-se sempre em pé, pois nem quando é agarrado e empurrado os árbitros marcam falta, enfim...
    Olhe, se tivesse para ai virado diria que não espera que o Bayern levasse uma "manita" do Dortmund e perdesse a Taça da Alemanha, mas não estou para ai virado.
    Hoje estou virado para desejar a si e à sua família uma excelente semana e mandar um forte e sentido abraço, caro amigo!

    ResponderEliminar
  2. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Como já sei como são essas criatividades locais, preferi nem ir ao Tap Seac rsrsrs.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  3. Ricardo,
    Se eu estivesse com vontade de escrever sobre futebol, diria que estava inteiramente de acordo consigo.
    Em tudo.

    Até no mau perder de Alex Ferguson (teve pouco de Sir).

    Sobretudo no meu desejo insaciável de ver estádios cheiinhos.
    De moscas e outras insectos.
    Ficam tão bem na televisão!!

    Mas dir-lhe-ia que, mesmo com aquelas botas, eu não desdenhava ter o Cardozo no Porto.
    Não é brilhante?
    Mas marca golos que se farta.
    E isso é que é importante.

    Aquele abraço e votos de uma excelente semana para si e família


    Amigo Cambeta,
    Eu fui porque a minha mulher teimou (é o termo correcto).
    E deu para ver que, como no título do filme, os deuses (criativos) devem estar loucos.
    Aquele abraço e votos de boa semana

    ResponderEliminar
  4. Também não me apetece escrever.

    Será uma virose?

    Sobre o futebol, apenas e com a devida permissão dizer que a 1ª Liga NÃO será aumentada.
    Por muito que alguém ainda sonhe com essa que foi uma possibilidade, deixou de ser, voltou a ser mas, em definitivo não receberá luz verde.

    E o facto de Académica ir à Liga Europa, dá que pensar.
    Uma equipa que apenas na última jornada viu garantida a presença na primeira Liga, segue para a Europa.
    Por mérito próprio não é. Basta ver a classificação. Acaba por beneficiar das condições que outros clubes não têm para o fazer.
    Desejo à Académica a melhor sorte mas com que condições?
    Aguardemos.

    E assim não vai o futebol luso.

    Para quem não tinha vontade de escrever, estendi-me.

    Abraço e boa semana.

    ResponderEliminar
  5. Ainda há coisas made in Macau?? Que saudades que eu tenho da Giordano, da Body Glove... Tenho aqui umas poucas relíquias, bem como - não podia deixar de ser - bandeiras do "meu" Macau.

    ResponderEliminar
  6. Uma associação tão criativa, esta, Pedro.
    Beijinho! :)

    ResponderEliminar
  7. António,
    Não haver alargamento é um momento de sanidade.
    Finalmente!!

    A presença da Académica na Liga Europa assusta-me, acredita?
    Lembra-se do Salgueiros, do Farense?
    Europa seguida de desaparecimento num mar de dívidas.
    A Académica está preparada para uma presença europeia?
    Não sei, espero resposta.

    Mas lá que é estranho ver uma equipa que esteve à beira de cair de divisão ir às competições europeias, é.

    Aquele abraço


    FireHead,
    Passam por isso.
    São?
    Também não sei responder.

    Também guardo relíquias dessas a que se refere.


    ana,
    E muito mais acessível que aquela criatividade que ontem me queriam impingir :))
    Livra!!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Eu também não me apetecia escrever sobre futebo, Pedro, mas os acontecimentos de Manchester e uma bela crónica do FF obrigaram-me a isso.
    Abraço

    ResponderEliminar
  9. E para quem não queria escrever sobre futebol, sim, sim.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Pedro
    Uso óculos só para ler e escrever, agora mesmo estava a comentar com o Rodrigo que tive um problema com uma lente que está solta, mas parece ser mais grave, então não é que tive a sensação de ver aqui algo escrito sobre futebol!

    Criatividades churudas.
    Boa semana meu amigo

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  11. Carlos,
    Vou lá espreitar e depois comento.


    Carlota,
    Se eu tivesse de vontade de escrever sobre futebol, o que seria, não é?!! :)))
    Beijinhos


    Adélia,
    Definitivamente, tem de ser problema dos óculos, não pode haver outra explicação :)))
    Beijinho

    ResponderEliminar