21 de novembro de 2010

Eutanásia


Ontem, eu e minha mulher estávamos sentados na sala, a falar das muitas coisas da vida.

Estávamos a falar de viver e morrer.
 
Então eu disse-lhe :
 
Nunca me deixes viver num estado vegetativo, dependendo de uma máquina e de líquidos. Se me vires nesse estado, desliga tudo o que me mantém vivo, ok?
 
Vocês acreditam que a filha da puta se levantou, desligou a televisão e deitou fora a cerveja que eu estava a beber?

Sem comentários:

Enviar um comentário