24 de novembro de 2010

Crónica de um presumido ataque de pânico

José Sócrates terá sofrido um ataque de pânico esta manhã enquanto fazia o seu habitual jogging.
Não vendo qualquer movimento na rua, José Sócrates, em visível aflição, perguntou aos seguranças que o acompanhavam:
 "Já falimos!!  Digam-me a verdade. Já falimos?!
O Hu Jintao, o Ramos-Horta, a União Europeia, o FMI, ninguém ajudou?!
Sacristas!!
Já falimos, não é?!"
"Greve geral, sr. Primeiro-Ministro, greve geral", terão esclarecido os seguranças.
"Livra!! Pensei que era outra coisa.
Telefonem ao Alegre e digam-lhe para ficar em casa.
 Não quero ver esse gajo na rua, ouviram?!"
E continuou o seu jogging.

5 comentários:

  1. Ó Pedro
    Então o meu caro acha que o José ia sair à rua num dia destes? Os assobios seríam tantos que ficava assim parecido com a figura do seu "pesadelo".
    Um bom dia.

    ResponderEliminar
  2. O So ka la tai, como é do PS, não quis emitar o Cavaco do PSD.
    Já que este à 23 anos estava a visitar umas fábricas lá para o norte do país e até disse que o que diziam ser uma greve fgeral não passou de uns arrunfos!...
    O Zé este corre para descontrair, mas corre contra o tempo, já que falido está ficando.
    Venha o Diabo e escolha, se antes viviamos mal, depois do 25 de Abril andamos de tanga na mão rsrsrs.
    Abraço amigo sem greve pelo meio

    ResponderEliminar
  3. Disseram-me que ele já recuperou do susto e voltou a ser o mesmo malcriadão que sempre foi.
    Hoje mais refinado porque o dia não lhe está a correr bem.
    Vá-se lá saber porquê....

    ResponderEliminar
  4. Fonte nomalmente bem informada ( Carolina Salgado) confidenciou-me que Sócrates hoje fez jogging nos jardins de S. Bento

    ResponderEliminar
  5. Com uma fonte dessas quem é pode duvidar Carlos?? :)

    ResponderEliminar