29 de novembro de 2010

Benfica e Braga ganham pontos a Porto e Sporting

O Benfica e o Braga ganharam ao Beira-Mar e ao Nacional, respectivamente, e ganharam pontos ao Porto e ao Sporting.
Em Aveiro, na ressaca da derrota em Telavive, o Benfica venceu o Beira-Mar por 3-1.
Cardozo foi a grande figura do jogo.
O paraguaio marcou dois golos, o segundo dos quais numa execução técnica excelente, e ofereceu o terceiro a Saviola.
O Benfica dominou o jogo, chegou com facilidade ao 3-0, mas tirou o pé do acelerador a partir daí.
Compreensivelmente.
Com Carlos Martins, Saviola e Cardozo em destaque, ainda houve espaço para verificar que há jogadores nos encarnados que estão muito abaixo do que produziram na época passada.
Javi Garcia, sem Ramires, é um jogador vulgar.
Luisão está preso de movimentos, pesado, aburguesado.
David Luiz e Fábio Coentrão estão claramente a pensar noutros voos, noutras paragens.
Nota-se a nervoseira dentro do campo.
E fora também.
O abandono intempestivo da conferência de imprensa por parte de Jorge Jesus não disfarça um certo mal-estar que se sente existir ao redor da equipa.
Mais importante, o Benfica está agora isolado no segundo lugar da classificação,  a oito pontos do Porto, e soma mais cinco que o Sporting e mais sete que o Braga.
Braga que também ganhou (2-0) na "Pedreira" a um abúlico Nacional.
Os madeirenses foram a Braga claramente à procura de um ponto, ao contrário do que afirmara o treinador, mas acabaram derrotados.
E com dois jogadores expulsos.
Castigo merecido para quem se preocupou exclusivamente em não deixar jogar.
Sem fazer um grande jogo, longe disso, o Braga mereceu a vitória e aproximou-se também do Porto e do Sporting.
Destaque positivo da jornada para a Académica, actualmente 5ª classificada.
Negativo, inteirinho para a Naval, claramente a equipa mais débil da Liga, ontem derrotada na Figueira pelo Rio Ave (1-0).

Sem comentários:

Enviar um comentário