30 de novembro de 2010

60 ANOS de casados...


ANIVERSÁRIO DE CASAMENTO
 
Um casal está a comemorar o 60º aniversário de casamento, com um jantar num pequeno restaurante no campo.

O marido inclina-se e pergunta à esposa:

- Querida lembras-te da nossa primeira vez, há sessenta anos? Nós fomos para a parte de trás do restaurante, tu apoiaste-te na cerca e...

- Eu lembro-me muito bem. - Respondeu ela.

- O que achas se o repetíssemos agora, em louvor aos velhos tempos?

- Oh, és um sátiro, mas parece-me boa ideia!

Um polícia sentado ao lado ouve a conversa e pensa:

Isto é que eu não posso perder:

Tenho que ver os cotas a fazer sexo, lá na cerca.

Eles saem e caminham até lá, apoiando-se um ao outro, ajudados por bengalas.

Chegam à cerca, a velha senhora ergue a saia, tira a calcinha, o velhinho baixa as calças

Ela agarra-se à cerca e começam a fazer sexo. De repente, explodem no sexo mais furioso que o polícia já tinha visto na vida.

Repetem dezenas de vezes. Ela grita, ele agarra os quadris dela, furiosamente. O sexo mais atlético possível e imaginável.

Finalmente caem exaustos no chão e, passada mais de meia hora deitados a recuperarem, os dois levantam-se, apanham as roupas espalhadas e vestem-se.

O polícia, ainda perplexo, ganha coragem, aproxima-se do casal e pergunta:

- Os senhores devem ter tido uma vida fantástica! Como é que conseguem?

Qual é o segredo dessa performance ideal?

- O velhinho com os cabelos eriçados e cara de estar no outro mundo responde:

Sei lá! Há sessenta anos esta cerca não estava electrificada...

5 comentários:

  1. Bem, esta supera todas as outras! Não paro de rir... : )

    ResponderEliminar
  2. Afinal a invenção do Viagra não era necessária. Bastava electrificar o colchão!!!
    O humor não pára a criatividade!!!

    Abraço
    João
    Do Miradouro

    ResponderEliminar
  3. Realmente, há gente com muita imaginação.
    E é verdade, caro João Soares - andou a ciência a inventar medicamentos para resolver um problema que se trata com uns simples choques eléctricos :)

    ResponderEliminar
  4. Bem original, deu parta me fartar de rir, mas antes de ler a história, pensava que era uma outra, mas felizmente que esta tinha a cerca electrificada, adorei.
    Eu, a caminho dos 60 anos de casado vou, 47 já se passaram, se chegar a essa bonita data, e sem viagras, irei electrificar o colchão da cama, ou então, em vez de ter o sucesso desse velho casal, tal dobrado deia mais gozo.
    Um abração alentejano

    ResponderEliminar
  5. Um destes dias, vou aqui publicar uma mais apimentada, caro Cambeta.
    Mais malandreca.
    Que vem na sequência desta.
    Amanhã, talvez.
    Um abraço

    ResponderEliminar